29
SET
2015

Lucas Alves domina em Rivera

Posted By :
Comments : 0

Alves e a Equipe Novosul Power dominam a 6ª Etapa em solo uruguaio, com pole, duas vitórias e duas melhores voltas, sendo assim o único, neste ano, a fazer a pontuação máxima em uma única etapa,  assim descontando 19 pontos para o líder do campeonato e indo para as duas últimas etapas em Tarumã com apenas 9 pontos de diferença, sendo que ainda estão em jogo 86 pontos. Lucas Toresan não participou por problemas em seu monoposto, mas a equipe mantém grande trabalho no carro e virá com grande força para as duas últimas.

Confira o resumo da Fórmula RS/Bernardo Bercht:

Lucas Alves fatura “dobradinha” Farroupilha no Uruguai

Lucas Alves es el campeón Farroupilha en Rivera! Se houvesse um campeonato especial do 20 de Setembro, o gaúcho de Pelotas não deixaria para ninguém a taça neste domingo. Largando de primeiro ou de último, o piloto da Novosul Power faturou com muita velocidade e habilidade as duas corridas da etapa uruguaia da Fórmula RS e mostrou de vez que está na briga pelo campeonato contra Marcelo Giacomello.

Clique aqui para ver o resultado da prova 1

Clique aqui para ver o resultado da prova 2

Ao líder do certame, coube fazer do seu fim de semana mais difícil da história na Fórmula RS um bom limitador de danos. Durante o fim de semana o competidor de Bento Gonçalves enfrentou toda série de problemas, com suspensão, escapamento, câmbio e, finalmente, o motor principal que explodiu numa bola de fogo na classificação de sábado. De propulsor reserva, salvo dois terceiros lugares para pontuar bem e manter a dianteira, enquanto Fernando Stedile e Matheus Rouver levaram os segundos lugares da etapa, alternadamente.

Com a pista ainda molhada pela manhã, os pilotos foram de slick para uma largada tensa sob safety car. Em movimento, Lucas conseguiu manter a dianteira, enquanto Stedile ficou em segundo. Lá atrás, Giacomello largou bem e foi pressionar Alexandre Bragagnolo, que teve seu fim de semana mais combativo da temporada rumo a dois pódios. Num carro perfeitamente acertado e fazendo misérias nas curvas, Lucas abriu boa vantagem para Stedile, enquanto Giacomello pressionou Rouver até eventualmente conseguir passar. O sergipano já enfrentava alguns problemas e terminaria a bateria no embalo, com o sétimo posto.

Rivera
Mais drama estava reservado após o alinhamento do safety car regulamentar. Na partida, Stedile tentou ir para cima, mas errou marcha e amontoou o pelotão, enquanto Lucas já abriu vantagem sem concorrentes. Giacomello ensaiou uma pressão, mas sofreu uma quebra no coletor de escape. Com barulho de cortador de grama, precisou segurar toda a gana de Bragagnolo e manteve por pouco o terceiro lugar. Lucas cruzou na frente soberano, com Stedile, Giacomello, Braga e Rouver formando o pódio. Na Light, um duelo apimentado teve trocas de ultrapassagens até Wagner Rouver superar Joacir Stedile pela vitória.

Veio a segunda bateria e com o grid invertido a receita era para uma prova ainda mais cheia de adrenalina e ultrapassagens. Quem largou melhor foi Giacomello, assumindo logo a segunda posição. Rouver liderou enquanto os Stediles e Alves se enroscaram. Joacir foi muito combativo por três voltas e segurou o ímpeto do eventual vencedor, mas com um mergulho no retão, Alves foi para terceiro. Mais duas voltas e foi a vez de Fernando passar o irmão.

Alves2Rivera

Rouver manteve a vantagem até o safety regulamentar. Na relargada, Giacomello tentou segurar seu rival direto na luta pelo título, mas após duas voltas foi superado. No retão, ainda segurou, mas após uma espécie de “xis” entre as Curvas 1 e 2, Alves passou por fora na quatro e foi à caça de Rouver. Mais duas voltas, embutiu no retão e tentou por fora, embalou melhor até a curva 1 e, na 2, colocou por fora para ser líder.

Com o motor falhando um pouco, Rouver foi pressionado por Giacomello, mas o piloto da Scuderia Macchina também teve dificuldades com o câmbio. Na última volta, Fernando Stedile quase “papou” os dois, mas o pódio fechou mesmo com: Alves, Rouver, Giacomello, Stedile e Bragagnolo. Na Light, Joacir Stedile deu o troco em Wagner Rouver e faturou seu troféu.